famisafe-square
Funcionalidades
Demo
Preços
Download
Login
Teste Agora

Métodos para Pais Lidarem com Assédio Virtual no Facebook

Bullying no Facebook

editor image

Aug 14,2019 • Publicado em: Impedir Bullying • Soluções Provadas

0
Bullying é uma palavra que denota um ato repetido de hostilidade em relação a outra pessoa, que é geralmente o resultado de um desequilíbrio de poder físico ou social, frequentemente resultando na angústia e provocação do lado da pessoa afetada. Ele é visto com frequência como uma forma de intimidação agressiva e pode também ser considerado como uma forma de assédio em relação à pessoa afetada. O bullying pode acontecer de diferentes formas e, na nossa época de redes sociais, com o Facebook sendo a rede mais popular entre jovens e crianças, o bullying no Facebook virou uma moda preocupante que precisa ser restringida e resolvida imediatamente.


Métodos para Pais Lidarem com o Bullying no Facebook
Por isso, hoje estaremos discutindo os diversos aspectos do bullying cibernético no Facebook e como restringi-lo.

O que é o bullying no Facebook

Muito antes, o bullying era considerado simplesmente como um ato mais ou menos restringido a assédios físicos e verbais, somente. No entanto, como já dissemos acima, com o advento da tecnologia veio o termo bullying cibernético. O bullying cibernético, que é comum entre crianças, jovens e adolescentes, consiste no uso de meios digitais para assediar um outro usuário, com a intenção de prejudicar ou danificar a imagem da vítima.


O Facebook é a maior plataforma de rede social e é fácil de acessar pela internet hoje em dia através de celulares e outras formas de comunicação móvel. E, infelizmente, é no Facebook que boa parte do bullying cibernético acontece hoje em dia.


  • O bullying no Facebook entre adolescentes inclui atividades tais como a difusão e postagem de rumores que podem manchar a reputação da vítima.
  • Ele pode incluir a exposição de informações pessoais ou secretas da vítima, bem como chantagem e até mesmo o envio de posts ou mensagens com ameaças de bullying físico.
  • Ele também pode incluir comentários sexuais ou quaisquer outros comentários que visem reduzir a auto-estima da vítima, ou simplesmente criar medo e frustração, podendo mesmo resultar em casos de depressão na vítima.
Métodos para Pais Lidarem com o Bullying no Facebook

Terceira parte: Como lidar com o bullying no Facebook através do uso das ferramentas oferecidas pelo Facebook

O Facebook, sendo uma companhia multi-milionária, também tem as suas preocupações quanto à privacidade e o bem-estar de seus usuários. Assim, diversas funções e ferramentas foram introduzidas a fim de reduzir o bullying no Facebook. Estas ferramentas podem ser usadas a fim de impedir ou reduzir um caso repetitivo de bullying cibernético no Facebook, impedindo a perda de auto-estima nas vítimas e, em última instância, reduzir as possibilidades de suicídio criadas por este bullying.


Aqui estão algumas das formas com as quais você pode usar ferramentas do Facebook para se proteger:


1. Denunciar posts ou contas: a possibilidade de denunciar posts no Facebook é uma das ferramentas disponíveis há mais tempo contra o bullying no Facebook. Com ela, você alerta a equipe do Facebook sobre um post que possa ser ofensivo ou impróprio, permitindo a eles que inestiguem o post em mais detalhe. Para denunciar um post que contenha bullying cibernético no Facebook, basta clicar na bandeira ou botão de denúncia junto ao post.Métodos para Pais Lidarem com o Bullying no Facebook


2. Esconder ou eliminar comentários: Também há uma nova função no Facebook que dá a um usuário a autoridade de esconder ou remover comentários em um post específico. Quando isto é feito, nenhum comentário pode ser visto embaixo do post, o que, é claro, torna immpossível para qualquer bully cibernético de escrever comentários de ódio ou intimidação no post. Isso ajuda a reduzir o bullying cibernético no Facebook e garante que os usuários se sintam seguros para postar em suas linhas do tempo.


Métodos para Pais Lidarem com o Bullying no Facebook
3. Denunciar bullying em nome de alguém: Sabendo bem que as vítimas do bullying podem e geralmente têm dificuldades em se manifestar contra os seus bullies, o Facebook torna possível para amigos ou familiares que estejam preocupados com uma situação denunciar contas envolvidas em bullying no Facebook. A conta será examinada e, caso seja confirmado o bullying, será reparada baseada em uma denúncia anônima. A equipe do Facebook fará a análise necessária e se a conta tiver violado políticas da rede social, os posts pertinentes serão removidos ou a conta será suspensa. Posts e comentários nos quais se encontre discurso de ódio, conteúdo sexual explícito ou manifestações de violência serão todos removidos imediatamente.


O Facebook também está considerando implementar ferramentas e funções adicionais para que usuários possam procurar e remover palavras que considerem ofensivas nas seções de comentários de cada post que tenham feito.


4. Bloquear bullies: O Facebook lhe dá a possibilidade de bloquear usuários considerados como bullies ou qualquer conta que tenha estado envolvida em assédio constante. Uma vez que uma vítima de bullying no Facebook bloqueie um usuário, o bully será incapaz de ver posts, fazer comentários ou enviar mensagens para a sua vítima, ficando sem a possibilidade de fazer comentários ofensivos ou de ódio.


Métodos para Pais Lidarem com o Bullying no Facebook
5. Terminar a amizade com bullies: O Facebook leva em consideração o conceito de oferta e aceitação. Antes que um usuário possa ser amigo de outro no Facebook, uma solicitação de amizade deve ser enviada e a seguir aceita pela outra pessoa. O Facebook também inclui uma configuração de privacidade que faz com que somente amigos possam ver os seus posts e comentários nos mesmos. Se um usuário está passando por bullying cibernético no Facebook, ele pode decidir terminar a amizade com a pessoa culpada. Isto automaticamente fará com que o bully perca acesso a qualquer post feito na conta da vítima.


Métodos para Pais Lidarem com o Bullying no Facebook

Quarta parte: Lidar com o bullying no Facebook através do FamiSafe

Uma das melhores e mais úteis ferramentas disponíveis atualmente entre as possibilidades de impedir o bullyingcibernético, incluindo o bullying no Facebook, é o FamiSafe da Wondershare. Ele é o programa de segurança mais completo, criado para dar a pais a possibilidade de manter os seus filhos em segurança de todos os perigos digitais. Com funções tais como o geo-cercado e localização GPS em tempo real, este programa faz com que seja muito fácil para pais ficar de olho em seus filhos o tempo todo, usando para isso os seus dispositivos móveis.


a. Uma nova função, conhecida como SMS Suspeitas, acaba de ser incluída na última atualização do programa FamiSafe. Com esta nova função, pais terão a possibilidade de receber alertas em seus celulares quando mensagens suspeitas forem enviadas aos celulares de seus filhos.


O FamiSafe adicionou uma lista abrangente de palavras que caem em diferentes categorias de mensagens suspesitas.


Métodos para Pais Lidarem com o Bullying no Facebook
Pais podem simplesmente ativar a categoria de palavras suspeitas em mensagens SMS sobre as quais desejem receber alertas.


Métodos para Pais Lidarem com o Bullying no Facebook
Também podem optar por adicionar a sua própria lista customizada de palavras sobre as quais querem que o programa FamiSafe os alerte, usando para isso o botão Adicionar.


Métodos para Pais Lidarem com o Bullying no Facebook
b. Como instalar e utilizar o FamiSafe


O FamiSafe é um programa disponível tanto para dispositivos Android quanto para iOS.


A fim de instalar o FamiSafe no celular de seu filho, basta seguir os passos abaixo.


Primeiro passo: Cadastre-se no FamiSafe.


Antes de mais nada, você precisa baixar o aplicativo móvel FamiSafe em seu celular e no de seu filho, o que pode ser feito a partir da loja de aplicativos tanto em dispositivos Android quanto iOS. A seguir, clique no botão "Cadastrar-se" para abrir uma conta no FamiSafe.


Métodos para Pais Lidarem com o Bullying no Facebook
Segundo passo: Instale o FamiSafe no celular de seu filho


Certifique-se de ter instalado o aplicativo FamiSafe tanto no seu dispositivo quanto no da criança que será monitorada.


Métodos para Pais Lidarem com o Bullying no Facebook
Terceiro passo: Instale no celular da criança.


Faça login com a conta que tiver criado no aplicativo e a seguir marque o celular como "Celular da criança" no aplicativo. A seguir você pode inserir o nome e idade da criança.


Em dispositivos iOS - Dê ao aplicativo permissão para acessar a localização e instale também o arquivo "Gestão de Dispositivo Móvel"


Em dispositivos Android – Dê as permissões requisitadas e clique em "próximo". Agora será requisitado acesso ao uso de dados.


Métodos para Pais Lidarem com o Bullying no Facebook Métodos para Pais Lidarem com o Bullying no Facebook
Você também precisará dar ao FamiSafe privilégios administrativos e permitir-lhe que acesse a localização.


Métodos para Pais Lidarem com o Bullying no Facebook Métodos para Pais Lidarem com o Bullying no Facebook
Quarto passo: Login no celular do pai.


No celular do pai — o seu celular, isto é —, basta fazer login com as suas credenciais e marcar o celular como celular de "Pai". Agora será possível monitorar as atividades de seu filho.

Quinto passo: Dicas em relação ao bullying no Facebook

Aqui estão algumas dicas que podem ser de utilidade para vítimas de bullying no Facebook, seja para impedir que elas sejam forçadas a sofrer uma experiência assim no futuro, seja para garantir que a justiça seja cumprida.


  • A primeira coisa a fazer quando se estiver passando por bullying no Facebook é garantir que todas as formas de comunicação e provas de discurso de ódio ou palavras ofensivas sejam bem documentadas. Vítimas de bullying devem garantir que provas sejam mantidas, tais como impressões da página ou imagens de tela.
  • Não deixe a experiência de bullying no Facebook ficar em segredo. Vítimas de bullying no Facebook precisam fazer questão de ter alguém para quem possam desabafar e contar os seus problemas. Tanto maims em situações nas quais você não se sente capaz de relatar os problemas, é importante evitar manter o ocorrido em segredo. Deve-se fazer a denúncia para o Facebook assim que possível. Um problema compartilhado, como dizem, é um problema já meio resolvido.
  • Todas as vítimas de bullying cibernético no Facebook devem se controlar para não revidar. É imporante conter a vontade de retaliar ou de obter vingança contra um bully. A partir do momento em que uma vítima age em retaliação, ela automaticamente deixa de ser uma vítima, assumindo o papel do bully ela mesma.
Conclusão


O bullying no Facebook está virando um cenário comum entre adolescentes e crianças. Assim, é importante que os pais façam o maior esforço possível para impedir que os seus filhos sejam vítimas de bullying online no Facebook, o que pode ser conseguido através do uso de um programa de monitoramento avançado, tal como o FamiSafe. Ele é fácil de usar e pode ser baixado para um teste grátis.
editor image

Emanuela Souza

staff Editor

0 Comentário(s)