famisafe-square
Funcionalidades
Demo
Preços
Download
Login
Teste Agora

O Que Você Deve Saber Sobre o Assédio Moral em Escolas?

Bullying em Escolas

editor image

Aug 14,2019 • Publicado em: Impedir Bullying • Soluções Provadas

0

Uma Coisa Que Você Precisa Saber Sobre o Bullying em Escolas

O bullying em escolas sempre existiu, mas talvez nunca mais do que hoje em dia. O bullying virou um problema tão difundido e, em alguns casos, tem sido tão ruim, que os seus efeitos de longo prazo podem prejudicar um indivíduo por toda a sua vida.

Tendo isso em mente, não é de espantar que tantos estudantes, pais e professores estejam procurando respostas sobre como abordar situações de bullying e, melhor ainda, como minimizar o risco de que ele sequer aconteça. Hoje vamos explorar tudo o que você precisa saber sobre o bullying nas escolas, bem como explicar em detalhe as formas como todos nós podemos ser proativos para impedi-lo de acontecer.

Quais são os fatos sobre o bullying em escolas

Antes de irmos para as soluções, é importante garantir que estejamos encarando os fatos existentes. Abaixo, vamos falar sobre todas as mais recentes estatísticas e fatos sobre o bullying em escolas, com o que estaremos munidos do conhecimento necessário para combatê-lo e começar a impedir o bullying em escolas.

  • De acordo com a DoSomething.org, mais de 3.2 milhões de estudantes tornam-se vítimas de bullying a todo ano. Isto conduz a mais de 160.000 estudantes faltando à escola para evitá-lo. Isto tudo, é claro, tem efeitos de longo prazo na educação e no crescimento pessoal de todos relacionados.
  • 25% de professores afirmam que não veem nada de errado com o bullying e dizem pensar dele como uma parte normal da vida. Na média, somente cerca de 4% dos professores nos Estados Unidos se envolvem se veem um ato de bullying ocorrer.
  • Junto com os dados acima sobre bullying nas escolas, somente 30% de meninos e meninas até a idade de 14 anos se manifestam para seus professores quando sentem que estão sofrendo do bullying, o que quer dizer que cerca de 65% dos casos de bullying passam despercebidos.
  • Tudo bem comparado, cerca de 54% de todas as pessoas sob a idade de 25 dizem que sofreram bullying em algum momento em suas vidas. Cerca de 20% das pessoas entrevistadas dizem que sofreram bullying verbal.
  • De forma geral, as pessoas que sofreram bullying no passado acabam por desenvolver a tendência de praticar o bullying em relação a outros.
  • Mais de 33% de todas as pessoas que sofrem bullying acabam por desenvolver problemas de saúde mental que derivam diretamente destas experiências. Algumas destas condições incluem ansiedade e depressão.
  • Cerca de 25% dos estudantes que sofrem bullying nas escolas acabam por desenvolver pensamentos suicidas devido às experiências pelas quais passaram. Este risco é muito maior se o estudante se sente isolado e não tem ninguém com quem falar sobre a situação.

Como você pode ver, o bullying nas escolas é talvez muito mais comum do que a maioria das pessoas pensa, pelo que é mais importante do que nunca fazer parte dessa conversa sobre o bullying. É importante que nos unamos para combatê-lo.

Os tipos de bullying nas escolas

Quando você pensa em bullying, talvez o que lhe venha à mente seja a versão estereotipada onde o bully encontra uma criança menor no pátio e ri dela ou rouba o seu dinheiro para lanche. Mas, embora isto possa acontecer, existem muitas outras formas de bullying.

Bullying verbal

Sem dúvida alguma um dos tipos mais comuns de bullying nas escolas, o bullying verbal acontece, como o nome indica, quando insultos verbais são usados para vitimizar um indivíduo ou grupo de indivíduos. Enquanto que o bullying verbal possa, ocasionalmente, ser bastante inofensivo, especialmente entre amigos, ele pode facilmente sair do controle.

O bullying verbal vem em muitas formas, incluindo provocações, insultos, humilhações, xingamento e, o que geralmente é ainda pior, referências sexuais, insultos ao gênero ou insultos racistas.

Bullying social

O bullying social consiste em formas indiretas de bullying, mas ainda é uma das formas mais comuns do bullying nas escolas. Aqui trata-se da situação quando alguém fala de alguém outro pelas costas de uma forma caluniosa e que prejudica a imagem ou reputação da outra pessoa.

Também se chama a isso “bullying encoberto”. Ele é muito mais difícil de reconhecer porque não acontece diretamente, mas as consequências podem ser igualmente perigosas. Ele também é usado para humilhar ou criar piadas às custas de alguém outro, o que com o passar do tempo tem consequências relacionadas à vida social da vítima.

O bullying social pode vir em muitas formas diferentes: encorajar outras pessoas a isolar ou evitar um indivíduo, espalhar rumores sobre alguém, mentir sobre esse alguém, fazer comentários ou piadas desagradáveis sobre ele ou mesmo personificá-lo de uma forma maliciosa.

Bullying cibernético

Talvez a forma mais comum do bullying nas escolas seja o cyberbullying, ou bullying cibernético. Os estudantes de hoje em dia estão mais conectados do que nunca antes, o que aumenta muito o risco do bullying cibernético, especialmente através das redes sociais.

O cyberbullying pode ocorrer de muitas formas diferentes. Ele pode se tratar de um comentário desagradável nos posts de alguém, ou pode acontecer quando alguém carrega imagens ou vídeos que “trolam” alguém outro online, ou quando enviam abusos verbais através de mensagens particulares em plataformas sociais.

Essa forma de bullying tem se mostrado capaz de fazer com que indivíduos se sintam extremamente isolados, tanto online quanto na escola ou fora da escola, sendo extremamente difícil de controlar e monitorar porque acontece num ambiente aos quais pais ou professores não têm acesso.

Bullying físico

Quando você pensa em bullying, o bullying físico é talvez a imagem que lhe vem à mente com mais frequência, sendo um dos tipos mais geralmente conhecidos dse bullying nas escolas, bem como o mais óbvio.

Bullying físico inclui qualquer coisa: bater, beliscar, socar ou chutar alguém. Ele pode ser de mãos limpas ou com uma arma qualquer, independente de tamanho. O ato de danificar a propriedade alheia também pode cair nessa categoria.

Impedir o bullying nas escolas com o FamiSafe

Agora que sabemos tudo o que precisamos sobre o bullying, no que consiste e quando pode acontecer, está na hora de começar a pensar sobre como abordar o problema de uma vez por todas. Enquanto que, por lei, as escolas precisam ter uma política anti-bullying, acontece frequentemente que os pais se sentem deixados de fora do círculo onde as decisões e ações são feitas.

Afinal de contas, você não pode ir para a escola o tempo todo com seus filhos, e algumas vezes eles podem estar meio desconectados da realidade e sem querer discutir o que está acontecendo na escola, por uma quantidade infinita de razões. No entanto, há uma solução que pode ajudá-lo a identificar o problema e a lidar com ele.

FamiSafe

O FamiSafe é uma aplicação de controle parental extremamente eficiente, que funciona tanto em sistemas iOS quanto Android e o ajuda a ficar de olho em tudo o que está acontecendo na vida de seu filho através de seus dispositivos eletrônicos. Afinal de contas, as crianças de hoje em dia estão tão conectadas que é fácil de descobrir o que está acontecendo através de seus celulares.

Uma vez instalado, o FamiSafe lhe dá uma série de funções que podem ajudar. Estas incluem:

SMSs Suspeitas

A função mais nova adicionada ao software FamiSafe que ajuda a impedir o bullying em escolas. SMSs Suspeitas permitem que o seu celular receba notificações quando o celular de seu filho recebe alguma mensagem de texto com palavras-chave que indicam potencial bullying.

Isso ajuda você a descobrir se o seu filho está envolvido no bullying, seja como vítima ou como praticante dele, assim como lhe permite descobrir quem está envolvido.

Rastreamento de localização e geo-cercado

Uma outra função extremamente eficiente do FamiSafe, esta lhe permite rastrear a localização de seu filho a qualquer momento, graças à tecnologia GPS. Isso o ajuda a descobrir se seu filho está matando aulas, bem como a saber onde o seu filho está a qualquer momento.

Para facilitar a vida, você também pode configurar parâmetros de geo-cercado que lhe enviam uma notificação a cada vez que o seu filho entra ou sai de certa área previamente definida por você.

Monitoramento de tempo conectado

Para crianças, é fácil ficar obcecado em seus dispositivos digitais quando estão sofrendo bullying. Elas podem ficar lendo as mensagens ou comentários maldosos repetidamente, ou então tentar desesperadamente postar algo que mude a opinião de alguém.

Por outro lado, se o seu filho é o bully ele mesmo, eles podem estar usando o seu dispositivo eletrônico para praticar o bullying em outras crianças, causando angústia e dano. Seja qual for o caso, você pode usar o FamiSafe para descobrir o que está acontecendo e quando, onde e por quanto tempo o seu filho está usando o seu dispositivo. Se quiser, você tem a opção de bloquear o acesso por quanto tempo quiser.

Como Usar o FamiSafe

Começar a usar o FamiSafe é simples e você só precisa seguir os passos abaixo.

Primeiro passo - Instale o FamiSafe em seus dispositivos

Vá para o site FamiSafe e crie uma conta. Você poderá então fazer download do aplicativo tanto no celular de seu filho quanto no seu próprio. Uma outra opção é buscar por “FamiSafe” nas lojas de aplicativos de seus celulares e baixá-los por lá, por onde você também tem a opção de criar a sua conta.

Uma Coisa Que Você Precisa Saber Sobre o Bullying em Escolas

Certifique-se de ter instalado o aplicativo tanto no seu celular quanto no de seu filho.

Segundo passo - Instalando o FamiSafe

Uma vez que o aplicativo tenha sido instalado em ambos os dispositivos, faça login usando a conta criada no primeiro passo. A seguir será necessário selecionar qual celular é o da criança e qual é o seu, o que você pode fazer no menu que será exibido. Uma vez completado esse passo, o aplicativo estará pronto para ser usado.

Em dispositivos Android, será necessário aprovar todas as permissões requisitadas, a fim de garantir que o aplicativo funcione no máximo de suas capacidades.

Uma Coisa Que Você Precisa Saber Sobre o Bullying em Escolas

Terceiro passo - Comece a usar o FamiSafe

Para usar o FamiSafe, basta abrir o aplicativo em seu dispositivo. Você será encaminhado ao painel de controle do FamiSafe. No menu, basta tocar na função que você deseja usar, tal como SMSs Suspeitas, e você poderá usá-la instantaneamente.

Uma Coisa Que Você Precisa Saber Sobre o Bullying em Escolas

Conclusão

Embora o bullying possa permanecer um problema em muitas escolas por todo o mundo, ao saber a realidade do bullying nas escolas e o que podemos fazer para impedi-lo, temos todos em nossas mãos a capacidade de combater esse problema e, quem sabe, resolvê-lo de uma vez por todas.

editor image

Emanuela Souza

staff Editor

0 Comentário(s)